Possibilidades de crescimento sempre existirão.

Nos últimos anos temos acompanhado muitas mudanças políticas e econômicas em nosso país. Tivemos a eleição da primeira presidente, a ascensão da classe C no período em que a economia estava em aceleração crescente, porém depois de um tempo as coisas começaram a mudar e chegamos a esse período de crise que enfrentamos agora, o desemprego aumentou, um grande número de pequenas e médias empresas fecharam suas portas, vimos o comércio passando por tempos difíceis com o número de vendas sempre caindo e a nova classe C entrou em declínio, não havia investimentos por parte das empresas e a primeira mulher presidente foi sofreu impeachment de seu cargo.

Mesmo em meio a este período sombrio começamos a respirar mais aliviados depois de divulgada a notícia de que a trajetória de crescimento do Produto Interno Bruto deve acelerar ao longo de 2017.

Apesar da crise muitas empresas de diversos setores estiveram em pleno crescimento, outras foram abertas e contrataram profissionais normalmente.

Conseguir enxergar possibilidades, mesmo nos períodos mais difíceis, nos quais não parece haver nenhuma, se mostrou uma das principais características que um bom empreendedor deve ter. Em meio a tantas inovações tecnológicas, uma startup enxergou a possibilidade de atender uma área que até então não era explorada, mas que durante a crise cresceu a passos largos movimentando em média 1,188 bilhão de reais por ano, trata-se do consumo de medicamentos. Para começar a explorar esta área ela criou um aplicativo para smartphones que verifica preços de medicamentos e cria parcerias com farmácias locais, é o Farma Zap.

Veja mais exemplos de empresas e os setores que viram uma oportunidade na crise e cresceram.

crescimento de empresas

 

Fonte: exame.abril.com.br

Fica claro que o bem mais precioso de um país, certamente é o seu povo e nós somos um povo que não desiste, que vai à luta e com muita criatividade vence as dificuldades sempre enxergando as possibilidades de sucesso mesmo quando o cenário é de crise.

Com a recessão vimos o número de negócios informais crescer pela primeira vez em 12 anos, movimentando 957 milhões de reais e com no ritmo que a economia sobe na escalada do crescimento este número pode aumentar ainda mais nos próximos anos.

O fato é que abrir um negócio e mantê-lo competitivo sempre será um desafio, seja em tempos de recessão quando não há quase nenhum crédito disponível e temos que fazer mais com menos ou em tempos de prosperidade investindo corretamente, o que fará a diferença será o esforço, dedicação e análise das necessidades do mercado.

 

Redação: Lucas D. Silva
Revisão: Alzira Xavier


Categorias

Cadastre-se

E receba nossas novidades.


Loading...