Onde está o coração de uma organização?

Há uma função dentro das empresas que é responsável por administrar o capital mais importante e sensível de uma organização. E pasmem, essa função não está dentro do departamento financeiro, mas sim no departamento de Recursos Humanos.

O IBCCoating define a Gestão de Pessoas assim: “Gestão de Pessoas é responsável por administrar e gerir o capital humano, também conhecido como Departamento Pessoal. Podemos dizer que é o coração da organização, pois todos os processos pessoais de todos os colaboradores passam por essa área. É também responsável pela disseminação da cultura organizacional, tendo conhecimento de todos os processos internos, e os mecanismos de funcionamento dos elementos que compõem a empresa.”

Muitos empreendedores que estão iniciando seus negócios agora e outros que já têm certa experiência no mercado se esquecem deste detalhe tão importante para a empresa.

É comum o idealizador de um empreendimento iniciar suas atividades ao lado de pessoas que fazem parte do seu círculo de amizade, aliás isso é muito bom, principalmente quando todos entendem o negócio, o seu papel dentro dele e onde a empresa quer chegar, isto elimina os processos de entrevistas e análise de perfil.

Com o crescimento do negócio, futuramente estas empresas precisarão contratar mais profissionais e é aí que entra a Gestão de Pessoas.

Um Gestor de Pessoas é responsável por:

  • Analisar a descrição de cargos
  • Planejar a administração de cargos e salários
  • Recrutar, selecionar, admitir e demitir os funcionários
  • Orientar e integrar os novos colaboradores
  • Criar incentivos e benefícios
  • Avaliar desempenho
  • Comunicação aos colaboradores
  • Treinamento e desenvolvimento

Fonte: ibccoating

Ser um Gestor de Pessoas não uma tarefa simples, as pessoas têm ambições, desejos e motivações diferentes, por isso a Gestão de Pessoas não é necessariamente um departamento dentro da empresa e por isso existem alguns pontos importantes a serem considerados e analisados para uma melhor gestão deste recurso. São eles:

Participação

Estímulo à participação em atividades de trabalho em grupo.

Capacitação

É o aperfeiçoamento do profissional em sua função. A participação em palestras, workshops, treinamentos e cursos são muitos importantes para que ele sinta segurança no que está fazendo e mostre suas ideias para melhorias, contribuindo assim, com seu conhecimento para o crescimento da empresa.

Envolvimento

Nesta fase a empresa precisa ter muito bem definido sua visão, missão e valores. Esta será a base para o envolvimento do profissional nas atividades confiadas a ele.

Desenvolvimento

A partir do momento que o profissional entende a visão, missão e valores da empresa, os recebe como seus e está capacitado na função que desempenha, ele se desenvolve não só individualmente, mas em grupo também.

Se você já é um empreendedor e está desenvolvendo a função de Gestor de Pessoas, você também deverá ter em mente os aspectos acima para ter sempre ao seu lado profissionais capacitados, no pleno desenvolvimento de suas funções, e principalmente, motivados.

 

 

Redação: Lucas D. Silva
Revisão: Alzira Xavier


Categorias

Cadastre-se

E receba nossas novidades.


Loading...